No Brasil é preciso entender a diferença entre violência e criminalidade – Terça Livre TV

Testemunho policial é principal fonte em processos contra a milícia | Rio de Janeiro
abril 30, 2021
camiseta militar justiceiro punisher gold line
maio 2, 2021

Em entrevista ao Boletim da Manhã desta quinta-feira (29), o especialista em segurança pública Bene Barbosa explicou sobre a criação de uma “novilíngua” é necessária à revolução. Como elucidou George Orwell no livro 1984, “ressignificar” palavras que já existem fazem parte desse processo.

“É muito comum as pessoas falarem que o Brasil tem um problema de violência. Não, o Brasil não tem um problema de violência, o Brasil tem um problema de criminalidade. A violência se tornou uma palavra feia e gera um sentimento negativo — muito mais até do que a própria palavra criminalidade —, mas por quê? Por causa de uma coisa muito simples: nem toda violência é ruim”, afirma Bene Barbosa.

“Se um criminoso adentra agora mesmo a minha casa, tenta pegar minha esposa, meus filhos que estão aqui e eu pego a minha calibre 12, uma espingarda, vou lá e dou 2 tiros nesse criminoso para evitar essa agressão, essa violência dele. Isso é um ato violento da minha parte? É lógico que é um ato violento, afinal de contas, eu atirei em alguém. Mas isso é ruim? Não, não é ruim, é necessário”, explica o especialista em armas. “Então, nem toda violência é ruim”, acrescenta.

Bene Barbosa explicou ainda o método utilizado pelo “Mapa da Violência”, desenvolvido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, financiado pelas globalistas Ford Foundation e Open Society Foundations.

“O Mapa da Violência engloba homicídios, estupros etc. É óbvio, é uma má violência. Mas esse mapa também engloba, por exemplo, a letalidade policial. Ou seja, bandidos que são mortos durante confrontos com os policiais, e isso não vira legítima defesa, e mesmo quando o policial está de folga, isso vira ‘violência policial’. Mas não é crime. Um policial que mata um criminoso em defesa sua ou de terceiros, ou mesmo da própria sociedade, ele pode estar sendo violento? Óbvio, só que isso não é crime, portanto, não é ruim”, diz.

Assista à íntegra do comentário

 

Fonte: https://tercalivre.com.br/bene-barbosa-no-brasil-e-preciso-entender-a-diferenca-entre-violencia-e-criminalidade/

Os comentários estão encerrados.

Open chat
Podemos ajudar?